Projetusnet – Criação de Sites, Webdesign, Outdoor, Busdoor - criação de sites personalizados e mídia exterior

Author Archives: Editor

Comentários desativados em Qual a melhor prática para cadastrar os produtos no e-commerce?

Qual a melhor prática para cadastrar os produtos no e-commerce?

Ao criar uma loja virtual, o empreendedor precisa se atentar a diversos fatores que são importantes para garantir o sucesso do seu negócio. Um bom exemplo, é utilizar uma plataforma que permita customizar os principais itens e os elementos chaves de acordo com a real necessidade de cada cliente e proporcionar agilidade no manuseio do site. Além disso, é essencial oferecer serviço de logística eficiente e ainda possuir tecnologias que garantam a segurança no momento da compra do consumidor.

Em contrapartida, um ponto fundamental que ainda é pouco discutido pelos profissionais de e-commerce e precisa ser feito cuidadosamente e pensada estrategicamente, é o cadastro dos produtos. Atualmente, muitas lojas virtuais optam pela prática do Ctrl C e Ctrl V, ou seja, copiam as descrições de outros sites, pois é forma mais fácil e rápido de ser feito. A partir do momento que a loja copia as definições de um portal já existente, o mesmo perde a sua credibilidade.

Mas, qual o jeito certo de realizar esse cadastro? Primeiro passo, os e-commerces precisam seguir uma padronização e definir as categorias e subcategorias que cada produto irá entrar. Dessa forma, os consumidores encontram uma maior facilidade para localizar o que procuram e evita a desistência da compra e, consequentemente, aumenta a taxa de conversão das vendas.

Além disso, existem alguns pontos que é preciso levar em consideração para enriquecer e valorizar ainda mais o cadastro, como por exemplo, o uso das imagens. Elas precisam estar em boa qualidade e feitas em um ângulo que valorize o produto, lembrando sempre que essa é a vitrine da marca, podendo enaltecer ou denegrir a sua imagem. Outra questão é a categorização, pois é preciso seguir uma estratégia de divulgação que seja comum a todos eles, corroborando na procura pelo produto. Um facilitador é agrupar para que eles fiquem próximos uns aos outros, de acordo com o segmento de cada um.

Uma dica que considero importante é incluir o máximo de dados possíveis no cadastro para facilitar a escolha do cliente, como por exemplo, especificações, modelo, detalhes como cor, tamanho (caso tenha), marca, funcionalidades e características, dentre outras. Para aumentar o interesse do consumidor por um determinado produto, as marcas têm a possibilidade de incluir uma descrição bem-humorada, mas sem se esquecer de colocar todas as informações necessárias.

Uma das principais vantagens para o e-commerce, ao seguir perfeitamente todos esses pontos, é melhorar a relevância da loja no mecanismo de busca no Google, já que o mesmo classifica as empresas de acordo com os conteúdos inseridos na internet.

Diante disso, é preciso ser original e criativo, sem ter duplicidade nas informações, mesmo que os produtos comercializados sejam muito conhecidos e populares. É necessário que os conteúdos sejam autênticos e diferentes dos seus concorrentes, para que dessa forma, estejam bem colocados no topo do ranking dos buscadores, e posteriormente, gerar excelentes resultados, aumentar as vendas, conquistar novos visitantes e clientes qualificados, tornando-se consumidores fiéis.

Criado por: Alfredo Soares

Comentários desativados em 7 maneiras de aperfeiçoar o relacionamento com o cliente

7 maneiras de aperfeiçoar o relacionamento com o cliente

Independente do ambiente de trabalho — online ou físico — diversas estratégias podem ser executadas visando melhorar o relacionamento da empresa com o cliente, gerando assim uma melhor sensação de compra e, na maioria dos casos, o retorno e fidelização do usuário. Para isso, algumas estratégias são infalíveis e geram excelentes resultados. Diego Carmona, cofundador e CVO da plataforma digital leadlovers, lista abaixo sete passos fundamentais para a satisfação do cliente:

1 – Tenha um “cliente ideal”

Todo negócio deve ter um avatar, que é o cliente ideal. “Crie uma figura única que simbolize o principal público-alvo que você deseja atingir”, ensina o CVO. O especialista destaca que, mesmo que a empresa possua um público amplo, é importante criar a imagem de uma única pessoa que consumiria o produto ou serviço.

“Isso ajuda você a ver o mundo com os olhos dos clientes, entender o que pode ser feito para melhor servi-los, e a diferença entre os clientes atuais e o que você gostaria em um mundo ideal”, explica.

2 – Conheça-o profundamente

Para que os clientes se sintam acolhidos, é necessário conhecer detalhes mais aprofundados que apenas idade, classe social e sexo.

“Se você sabe quem é seu cliente ideal, visite os fóruns que ele visitaria e leia blogs de influenciadores de mercado”, sugere o empresário. Saber quais as verdadeiras dores e receios do público ideal é uma forma de “falar a língua” dele, explica Carmona.

3 – Trace a jornada do cliente

Aprendizado, reconhecimento do problema, consideração e decisão. De acordo com o CVO, estes são os passos que todo cliente percorre antes de adquirir o produto ou serviço do qual precisa.

“Quando se entende completamente estas etapas, fica mais fácil planejar as ações que vão atingir as pessoas que estão em cada um destes momentos diferentes”, ensina.

4 – Melhore a experiência de atendimento

Carmona ensina que a melhor forma de deixar o atendimento perfeito para o cliente é antecipar as necessidades e expectativas.

“Um atendimento oferecido além das expectativas é uma arma poderosa”, destaca, sugerindo que o tempo de resposta seja em menos tempo do que o prometido, por exemplo. “Se você promete retornar um contato em uma hora, faça isso em meia hora”. O especialista também destaca que é possível antecipar futuros motivos de contato baseado no histórico de comportamento.

5 – Torne-se um consultor

“Quando um profissional estuda profundamente a área em que atua, ele deixa de ser visto apenas como um vendedor, pois terá informações para dar uma verdadeira consultoria ao cliente”, afirma o profissional. Segundo ele, este tipo de atitude constrói a lealdade do consumidor.

“Quando você se torna um especialista, você também passa a ser uma fonte confiável e constrói um relacionamento muito mais forte com o cliente”.

6 – Fidelize

É necessário ter um sistema de cadastro dos clientes. “Com ele, é possível fazer um programa de fidelidade, dar descontos aos mais assíduos ou promover ofertas específicas que combinem com o comportamento de cada um”, indica Carmona.

Oferecer descontos a quem indicar um novo cliente ou criar “vale-presentes” podem ser ótimas maneiras de aumentar a base de clientes.

7 – Enxergue o ser humano

Segundo Carmona, as chances de sucesso são maiores quando clientes são encarados como pessoas que têm desejos, dores, vontades, e não como simples compradores.

“Quem enxerga cada e-mail da lista de contatos e cada novo nome na lista de vendas como um ser humano, passa a compreender muito mais o valor do relacionamento entre vendedor e cliente”, conclui.

 

Comentários desativados em Site seguro também é sinônimo de vendas

Site seguro também é sinônimo de vendas

Ao realizar uma compra online, alguns consumidores já adquiriram o hábito de checar se na barra de endereço do navegador aparece o ícone do cadeado e a barra fica verde, indicando o uso do “HTTPS”. A letra “s” tem a ver com segurança e indica que a página possui Certificado SSL e criptografa os dados que serão digitados pelo usuário – item considerado primordial para a proteção das informações. Contudo, foi apenas em 2015 que a utilização desta tecnologia teve um boom no comércio eletrônico nacional.

De acordo com a pesquisa “Perfil do E-commerce Brasileiro”, realizada pela BigData Corp. sob encomenda do PayPal Brasil, a utilização de certificado SSL cresceu 250% nos últimos dozes meses. Os números demonstram o esforço dos empreendedores em oferecer métodos mais seguros aos seus clientes: 73,85% das lojas virtuais já possuem esta ferramenta de segurança – em 2015, o índice era de apenas 20,65%. Além disso, 41,21% dos varejistas contrataram algum serviço de pagamento eletrônico, contra 38,09% no ano anterior.

Dois fatores impulsionaram esse crescimento vertiginoso. Em primeiro lugar está a conscientização das próprias fornecedoras de tecnologia para e-commerce, que enxergaram na segurança um item importante para a experiência do consumidor durante a compra e implementaram automaticamente funcionalidades em seus sites parceiros. Além disso, plataformas externas, como Google, e Facebook, passaram a exigir que as páginas expostas em seus serviços estejam cada vez mais seguras.

Dessa forma, o lojista virtual não tem escolha senão deixar seu negócio mais seguro e confiável para as pessoas. Desde 2014, por exemplo, encontram-se em melhor posição no ranking do Google as páginas que possuem SSL, deixando para trás aquelas que não oferecem segurança aos usuários – e as ferramentas de busca ainda constituem a principal porta de entrada para os empreendedores online. Além disso, a imagem do cadeado é um demonstrativo da preocupação do e-commerce com os dados de seus clientes – 68% dos clientes compram mais em uma loja virtual quando veem símbolos de segurança, de acordo com o relatório Webshoppers, da E-bit.

Investir em criptografia SSL é um importante passo para o e-commerce evitar o roubo de dados e eliminar a principal barreira para adesão de novos clientes nas compras virtuais. É um investimento que precisa avançar: há ainda uma série de questões que precisam ser pensadas pelos empreendedores, como a proteção de suas próprias informações e a prevenção de fraudes com a análise de informações do comprador. A segurança vai deixando de ser um simples detalhe para se tornar fator central na compra virtual.

Criado por: Thoran Rodrigues

Comentários desativados em Plano de Mídia Web 2.0

Plano de Mídia Web 2.0

Você imagina nesse exato momento quantas pessoas estão à procura dos seus produtos ou serviços na internet? Agora imagine o seu produto e a sua empresa aparecer para todos estes clientes! NÓS PODEMOS FAZER ISSO POR VOCÊ!

O que é o Plano de Mídia Web 2.0?

É um serviço de divulgação e manutenção onde nossa empresa PROMOVE e GERENCIA campanhas de marketing através de TODOS OS MEIOS POSSÍVEIS de comunicação na internet. O serviço compõe da ativa divulgação através do Google, Facebook , e-mail marketing, link building, sites parceiros, portais de notícias, campanhas patrocinadas no Google e Facebook. O plano dá cobertura total aos nossos clientes de forma que nós nos preocupamos em alimentar, gerenciar e promover o seu site e rede social, aumentando o alcance e visibilidade da sua empresa.

Em outras palavras é UMA OPÇÃO DE MARKETING ONDE VOCÊ ALCANÇA MILHARES DE PESSOAS ATRAVÉS DA INTERNET!

É um tipo de divulgação realizado por meio da internet e tem por objetivo apresentar o seu produto ou serviço ao internauta interessado nele, seja quando ele digita alguma palavra-chave no Google, quando visita algum site relacionado, por e-mail ou mesmo navegando nas redes sociais.

Podemos apresentar o seu site a esse público segmentado gerando mais visitas para o seu site, sendo que estas visitas são selecionadas, pessoas que realmente se interessam no seu produto.

A estratégia envolve desde campanhas de Pay Per Click (pague por clique), Cadastro do site em motores de busca (Backlinks), Otimização das Páginas do Site (SEO), E-mail Marketing Segmentado (Criamos e gerenciamos o seu anúncio), Anúncios no Facebook (segmentado por região geográfica), cadastro em classificados da internet proporcionando maior visibilidade dos anúncios e pagerank.

O Plano de Mídia Web permite uma segmentação geográfica especifica do seu público-alvo e uma completa mensuração de resultados através de estatísticas de acesso do site ou hotsite desenvolvido para a campanha.

O QUE O PLANO DE MIDIA WEB 2.0 PODE FAZER PELA MINHA EMPRESA?

Consultoria em Marketing Digital:

Analisaremos o seu site e faremos uma consultoria em relação aos seus principais concorrentes do mercado, iremos avaliar todo o posicionamento deles na internet e traçar planos para que possamos destacar a sua empresa.

Divulgação através de E-mails:

Faremos mensalmente o envio de e-mail marketing para  pessoas direcionadas pelo seu ramo de atividade.

Link Building:

Faremos o cadastro do seu site em diversos buscadores, agregadores e sites de classificados em busca do aumento do link building do seu site.

Otimização do Site:

Faremos o processo de SEO (Search Engine Optimization) do seu site, onde iremos reavaliar todo o conteúdo do seu site, inserir palavras chave nos textos, além de utilizar um conjunto de técnicas que favorecerá o seu site na busca orgânica do Google.

Anúncio do Site no Classbahia e Classificados:

Faremos um anúncio nos classificados do Guia de Empresas da Bahia (Classbahia), além de cadastrar seu site em portais parceiros e classificados da internet como OLX, Mercado Livre, Que Barato, Bom Negócio, etc.

Gerenciamento de Anúncios no Google Adwords e Facebook Ads:

Neste serviço a nossa equipe estará disponível para criar, gerenciar e acompanhar suas campanhas patrocinadas no Google e Facebook, para este trabalho você poderá investir qualquer valor a partir de R$ 399,00 em um destes grandes meios de divulgação e nossa equipe cobrará 10% a 15% do valor investido como taxa de gerenciamento.

Manutenção do Site

  • Criação de banner em datas comemorativas: (Natal, Ano Novo, Dia das Crianças, etc.)
  • Atualização do Site: (horas técnica por mês para cadastro de conteúdo como notícia, troca de telefone, modificação de textos ou fotos).
  • Manutenção Preventiva: (backup de dados, análise e avaliação de scripts maliciosos, modificação de senhas de acesso periodicamente).
  • Manutenção Corretiva: (em caso de invasão via FTP ou SQL Inject, remoção de scripts maliciosos, correção de erros ou bugs de programação (desde que o site seja criado pela nossa equipe), correção de erros de formulários de contato).
  • Suporte ao E-mail: Assistência remota para configuração de e-mails, modificação de senhas, backup e restauração de dados, correção de erros diversos.

Acompanhamento de Redes Sociais

Gerenciamento de facebook com postagens semanais para criar interação com os usuários da página, podendo ser notícias, textos ou até mesmo imagens promocionais para divulgação na fan page.

Emissão de Relatórios de visitas mensais com detalhamento das páginas do site mais acessadas e sugestão para melhorias no conteúdo.

Obtenha mais informações solicitando um orçamento clicando aqui. ou se preferir clique na imagem no canto inferior direito e fale com um de nossos vendedores online.

Comentários desativados em Plano de Mídia Web 2.0

Plano de Mídia Web 2.0

Comentários desativados em 4 lições de estratégia que aprendemos com o mestre do xadrez

4 lições de estratégia que aprendemos com o mestre do xadrez

A importância do planejamento e da estratégia para a administração é mais que essencial. É o alicerce de tudo o que se faz. Por isso, ter uma base e um objetivo do que vamos fazer é primordial para o sucesso de qualquer projeto e até mesmo para a construção de uma empresa.

A estratégia é realmente um dos assuntos mais intrigantes dos estudos em gestão, ainda mais no atual mercado competitivo, burocrático e com altas taxas tributárias em que vivemos. Diante disso, que tal conhecer algumas dicas de Garry Kasparov, um dos maiores estrategistas do xadrez de todos os tempos?

Em “How Life Imitates Chess”, ou simplesmente Xeque-mate, Kasparov ensina o leitor a tomar decisões corretas através do planejamento e estratégia, buscando sempre o autoconhecimento e o desafio para, enfim, fazer boas escolhas. Kasparov é considerado um dos maiores campeões de xadrez de todos os tempos, com títulos mundiais consecutivos de 1985 a 2001. Aos 22 anos, tornou-se o mais jovem campeão do mundo no xadrez. A publicação é da Editora Campus/Elsevier.

Abaixo você confere 4 lições de estratégia que aprendemos com o mestre do xadrez:

1 – Decisões que você toma hoje impactam o futuro

Segundo Kasparov, “um grande mestre faz os melhores movimentos porque ele se baseia na aparência que ele quer que o tabuleiro tenha dez ou vinte lançes à frente”. Por isso, ter um objetivo claro e honesto é o primeiro grande passo para que o futuro seja mais concreto e estável. Ter visão e planejamento.

“Objetivos intermediários são essenciais. Eles são os componentes necessários para criar condições favoráveis à nossa estratégia. Sem eles estaremos tentanto construir uma casa a partir do telhado. Em primeiro lugar, preciso entender que objetivos estratégicos me ajudarão a alcançar minha meta de atacar o rei e, só então, começarei a planejar a forma precisa de realizá-los e a examinar os lançes específicos que conduzirãoà execução com bons resultados”, diz o estrategista.

2 – Você nem sempre pode determinar o campo de batalha

“Você não se torna um campeão mundial sem ser capaz de jogar em estilos diferentes quando necessário”.

Segundo ele, na vida nós somos obrigados a combater em um território desconhecido, o que pode gerar um desconforto. Porém, é necessário. Não é possível lutar somente em nosso próprio território. “A capacidade de adaptação é fundamental para o sucesso”, acredita Garry.

3 – Viver mudando de estratégia é o mesmo que não ter estratégia alguma

Mudar pode ser algo bom, claro. No entanto, mudanças só devem ser feitas por motivos justos. Além disso, todo o processo de mudança deve ser feito de forma meticulosamente planejada. Segundo o autor, precisamos caminhar na linha tênue entre flexibilidade e coerência. “Um estrategista precisa de ter fé em sua estratégia e coragem para mantê-la, e ainda ter vistas largas o suficiente para perceber quando é necessário mudar de curso. Além disso, alerta o especialista, cada mudança deve ser avaliada com cuidado e, quando feita, aplicada com firmeza.

“Devemos também evitar que a concorrência nos devie do nosso caminho estratégico. Se você está empregando uma estratégia poderosa e bem-sucedida, ganhando espaço no tabuleiro de xadrez ou numa fatia de mercado no comércio global, a concorrência tentará fazê-lo tropeçar para que você desista. Se seus planos forem sólidos e sua percepção tática for boa, o adversário só poderá vencer com a sua ajuda.”, orienta.

Por fim, Kasparov acredita que contra uma estratégia sólida, táticas diversivas serão insuficientes ou falhas.”Se forem insuficientes, você pode e deve ignorá-las, continuando no seu curso. Se forem radicais ao ponto de obrigá-lo a se desviar, provavelmente serão falhas em algum aspecto, a menos que você tenha cometido um erro”, explica.

4 – Preocupe-se mais consigo do que com a concorrência

“Quando estou em um confronto direto com o oponente, como em um match do campeonato mundial, só tenho um sujeito para observar e ele está bem à minha frente, do outro lado do tabuleiro. É uma situação de soma zero: eu venço, ele perde, ou vice-versa. Todavia, em um torneio com 12 jogadores, o que acontece nos outros jogos pode causar um impacto no meu sucesso. É como qualquer empresa com vários sócios e concorrentes; a Continental tem de prestar atenção se a United e a American iniciaram negociações”, explana o autor.

Segundo ele, os resultados de outros jogos implicam diretamente em sua estratégia e isso acontece em qualquer negócio da vida. Por isso, antes de determinadas partidas – ou negociações -, é preciso decidir se o jogo será cauteloso ou agressivo, dependendo apenas do adversário. Porém, estar preparado e bem consido é, por muitas vezes, mais importante do que saber do histórico e das jogadas do outro. “Não podemos passar muito tempo nos preocupando com o outro sujeito, pois perdemos de vista nossos próprios objetivos e desempenho”, finaliza Garry Kasparov.

Comentários desativados em 6 tendências digitais que o empreendedor pode usar para driblar a crise

6 tendências digitais que o empreendedor pode usar para driblar a crise

O cenário de crise econômica continua no ar, porém, alguns especialistas garantem que o segredo para passar por essa fase de instabilidade é focar no produto principal da empresa e usar muita matemática. É preciso ser minucioso no levantamento de custos e despesas e saber como posicionar cada produto no mercado.

Os empresários necessitam ajustar ou até mesmo mudar a rota dos negócios, monitorar o mercado e seus concorrentes, inovar e selecionar bem seus clientes. E, claro, muita motivação.

Para não afundar o barco, veja alguns negócios e produtos que driblaram a crise em 2015 e tornaram-se tendência para este ano:

ERP: um aliado para nos negócios:
Para uma empresa prosperar, ela precisa de um os sistemas de gestão empresarial, controle de vendas, recursos humanos e não podem parar nunca, principalmente em meio a crise. De acordo com um estudo realizado pela Nucleus Research (Boston, MA) no ano de 2014, mostra que cada R$ 1,00 investido em sistema de gestão ERP, o retorno é de até 700%. E as empresas que investem em ferramentas de gestão cresceram, em um período de 5 anos, no mínimo 36%. A Betalabs, empresa especializada em ERP, percebe uma grande demanda nesse período por seus serviços. Segundo Luan Gabelini, sócio-fundador da empresa o ERP “Em tempo de bonança é investimento em escalabilidade e expansão de negócios. Já no período de crise é um painel de navegação nas águas turbulentas e uma ferramenta que incrementa a eficiência dos negócios”, explica.

Big data e informações a todo momento:
Para entender melhor os clientes, explorar e cruzar vários dados e construir um banco confiável, as empresas têm apostado em big data. A previsão é que as soluções de Big Data podem se beneficiar desse período, e crescer. Para Thoran Rodrigues, CEO do BigData Corp, o universo de big bata abriu um leque de possibilidades para o mundo dos negócios virtuais. Da automação de várias atividades prioritárias para o e-business, até o monitoramento do ciclo de relacionamento do cliente com a marca, tudo é possível com o grande volume de informações disponível em fontes diversas.

Fortalecimento nas redes sociais:
Marcas nas redes sociais não é mais novidade, porém ainda tem muita empresa que ainda estão engatinhando nesse quesito. Para Alessandro Visconde, CEO da iFruit, empresa especializada no planejamento e comercialização de mídias nas redes sociais, o branded contente será cada vez mais procurado. “2016 é o ano em que as redes sociais crescerão ainda mais no Brasil, já que teremos Olimpíadas, atletas, jornalistas e marcas que irão incendiar as redes gerando live contente em todas as bases. Podemos projetar um crescimento de 18% em social media”, conclui.

Fintechs e um novo modelo de banco:
O Brasil abriga hoje mais de 400 startups que se propõem a gerar alternativas inovadoras em pagamentos, investimentos, seguros e demais serviços financeiros. O que mais as empresas querem é revolucionar a forma como se realiza intermediações financeiras, seja para pessoa física ou para empresas. Se sua empresa necessita de crédito, o segredo é ter um intermediador que consiga melhores taxas de juros. “O empresário tem acesso a uma gama de financiadores alternativos como fundos de crédito, Mezzanino, Fomento mercantil, securitizadoras, bancos de médio porte, entre outros. Tudo isso de uma maneira otimizada, pois não precisa acessar cada uma dessas instituições, pois nossa plataforma analise a necessidade de financiamento individual e, através de um algoritmo, encontra o melhor financiador para cada caso”, explica Dan Cohen, fundador da F(x), plataforma de busca por crédito voltada para médias e grandes empresas

Bem atender o consumidor é a bola da vez:
Foi-se o tempo em que responder uma dúvida ou solucionar um problema era o suficiente para fidelizar o consumidor. Hoje, é necessário oferecer um atendimento diferenciado, para que a experiência com a sua empresa seja lembrada como positiva. Além disso, é necessário responder em diversos canais, como nas redes sociais, e unificar todo atendimento e Para isso, é fundamental ter uma visão única do consumidor. “Com uma plataforma de atendimento multicanal e integrada, todas as informações ficam concentradas em um único local, possibilitando um histórico unificado do cliente”, relata Albert Deweik, CEO da NeoAssist, empresa especializada em soluções de atendimento ao cliente.

UX – Por dentro da experiência do usuário:
A crise econômica no Brasil estimulará a criação de soluções que valorizem a experiência do usuário (UX). Para ganhar o cliente, é essencial possibilitar ao usuário uma experiência prazerosa e útil no acesso à informação. Em uma era em que homem e máquina estão cada vez mais juntos, entender as sensações ao usar determinada tecnologia vai além de ter lucro em uma empresa. “Adotar estratégias de experiência do usuário apenas com o objetivo de aumentar as vendas é a principal armadilha. O conceito de UX até ajuda a trazer receita, mas vai além do lucro e considera seu público em primeiro lugar”, explica Rafael Cichini, CEO da Just Digital, empresa especializada em soluções enterprise para gestão de conteúdo.

Comentários desativados em 5 maneiras como a nuvem pode ajudar o crescimento de sua PME

5 maneiras como a nuvem pode ajudar o crescimento de sua PME

Parece que tudo o que ouvimos hoje tem a ver com a migração para a nuvem, principalmente em grandes corporações. Porém, pouco se fala sobre os benefícios que as pequenas e médias empresas podem ter com a adoção da cloud, que são muitos. Na verdade, as PMEs têm mais a ganhar com esse tipo de implantação, e realmente correm o risco de ficar para trás se não migrarem para a nuvem.

Um estudo da Deloitte mostrou, por exemplo, que as PMEs que utilizam um maior número de serviços em nuvem cresceram 26% mais rápido do que as que não usam essas ferramentas, e são aproximadamente 21% mais rentáveis.

Em geral as pequenas e médias empresas trabalham com orçamentos menores e têm menos funcionários do que as grandes organizações. Nesse sentido, migrar para a nuvem garante economia de tempo e dinheiro, o que é fundamental para o sucesso, pois não há necessidade de se preocupar com a manutenção dos sistemas, das soluções ou do hardware; basta escolher o provedor certo e ele se encarregará de tudo.

E os benefícios não terminam aí. Abaixo indicamos cinco maneiras de como a implementação na nuvem pode ajudar as empresas a alcançarem mais flexibilidade e a estarem melhor preparadas para o crescimento.

1. Pay-per-use

A implementação na nuvem requer um gasto inicial mínimo em hardware e software. Além disso, só se paga pelo recurso usado, eliminando a necessidade de grandes investimentos para armazenar e gerenciar dados em um servidor próprio. Tudo isso significa que você gasta menos em infraestrutura tecnológica, podendo focar no crescimento da empresa.

2. Redução da equipe de TI

A equipe de TI não terá que passar o dia inteiro atualizando servidores, substituindo componentes de hardware ou gerenciando updates de softwares, e poderá concentrar seu tempo em tarefas críticas para o negócio. Neste cenário, o provedor de nuvem é o parceiro de TI, uma extensão das empresas, o que aumenta essencialmente o alcance sem a necessidade de contratar novas pessoas ou adquirir equipamentos caros.

– PUBLICIDADE –

3. Economia em escala

Não há como negar o valor das economias em escala e migrar para uma solução baseada em nuvem não é diferente. Vários usuários podem acessar os recursos ao mesmo tempo – dessa forma a produtividade individual é otimizada e pode-se obter melhores resultados gastando menos. E com a funcionalidade de autoescalonamento, você pode antecipar as alterações na demanda dos usuários, para assegurar o hardware e o software necessários no momento exato – nem antes, nem depois.

4. Mobilidade

Os avanços tecnológicos trazidos pela computação em nuvem provavelmente causarão o principal impacto nas PMEs. Para fazer negócios em um ambiente baseado em nuvem, tudo o que é preciso é ter acesso à internet – você pode trabalhar usando o dispositivo que for, onde quer que esteja. A mobilidade permite que os executivos tomem decisões críticas com base em dados em tempo real. E a equipe de trabalho possui as ferramentas necessárias para colaborar com os colegas.

5. Fácil utilização

Uma das principais vantagens de migrar para a nuvem é sua facilidade de uso. Há menos upgrades para gerir, e não há necessidade de resolver problemas de hardware ou software. O provedor de nuvem vai se encarregar disso, para que a empresa possa se concentrar no mais importante: chegar mais rápido ao mercado e, consequentemente, aumentar seu crescimento.

Os benefícios da flexibilidade, escalabilidade e agilidade inerentes às soluções baseadas em nuvem não podem ser ignorados, especialmente com relação às PMEs. Com implementações na nuvem você paga pelo que usa e pode se adaptar facilmente a uma demanda maior ou menor, além de reduzir os custos com tecnologia, conseguir uma força de trabalho mais produtiva e, finalmente, manter um nível de competitividade maior comparativamente à tecnologia on premise. Enfim, é hora de migrar para a nuvem.

Comentários desativados em ClassBahia

ClassBahia

O maior portal de anúncios de empresas e profissionais da Bahia. Aqui você anuncia ou procura empresas de todos os ramos de atividade, além de profissionais conceituadas nas mais diversas áreas de serviços. O nosso site lista os profissionais e empresas pela sua classificação, onde os clientes podem acessar o site e fazer um comentário sobre o serviço prestado por aquele profissional.

Acesse o site www.classbahia.com

Comentários desativados em Itapagipe Online

Itapagipe Online

O seu portal de noticias da cidade baixa em Salvador Bahia, Noticias, informações, reclamações, tudo sobre a Península Itapagipana.

A calmaria das praias, o pôr do sol atraente e a história peculiar são alguns dos fatores que contribuem para o charme da Península Itapagipana.

Composta por 14 bairros (Calçada, Mares, Jardim Cruzeiro, Massaranduba, Uruguai, Roma, Dendezeiro, Bonfim, Monte Serrat, Boa Viagem, Luís Taquínio, Caminho de Areia, Baixa do Fiscal, Ribeira) a península era uma ilha, cujo território avançou nas águas do mar e se uniu ao continente. Ribeira, Bonfim e Ponta de Humaitá são as principais áreas turísticas da região, debruçada sobre a Baía Todos os Santos e hoje um dos lugares mais belos e históricos da cidade.

Saiba mais, leia , participe, envie a sua reclamação ou informação, em www.itapagipeonline.com

itapagipe

 

                   site: www.itapagipeonline.com